Cabelo crescendo e tudo mais

26/08/2013

 

Como alguns já sabem passei pelo momento mais difícil da minha vida há pouco tempo. Em 2012 meu filho nasceu, Deus me enviou um anjo. Quando ele completou 5 meses fui diagnosticada com Linfoma de Hodgkin. Nada fácil. Mesmo sabendo das grandes chances de cura, saber que teria que passar por um tratamento tão agressivo me deixou cheia de medos. E sem saber bem sobre o que ia acontecer, iniciei o tratamento. Durante todo o processo vieram os exames, as mudanças de tratamento, as mudanças de médicos, os milhões de conselhos dos amigos sobre o que deveria e não deveria fazer para melhorar.

 

Passei por fases de odiar ouvir alguém falar sobre outra história de algum conhecido com câncer. E as receitas?! Passei por momentos de agradecer e entender que as pessoas na verdade só queriam o meu bem. Aliás, meu marido na época me falou: “Calma Camila, as pessoas só querem te ajudar. Imagina se elas soubessem o que você tem e não falassem nada, se não estivessem nem ai com seu problema?”. Pronto, comecei a ouvir e agradecer.

Quando passamos por um processo desses, ouvimos muita coisa. E também refletimos muito sobre a vida em si. Eu percebi que poderia ter uma vida melhor do que estava tendo. Vendi minha empresa de roupas e decidi trabalhar somente com o que me dá satisfação, ou seja, ajudar as pessoas a encontrarem seu potencial maior. Ou na linguagem do Yoga, ajudar as pessoas a encontrarem seu Dharma e sua própria natureza, swarupe.

Hoje completo 32 dias após o transplante de medula autólogo. Este foi um tratamento para consolidar minha cura. O tratamento durou exatamente 10 meses. Estes foram os meses mais difíceis da minha vida. Fiquei muito inconformada com a doença. Como Eu, que sempre fui tão saudável?! Sofri demais com a questão da aparência, tanto que consegui segurar meu cabelo na cabeça até o final, meu cabelo só caiu mesmo, em tufos após o transplante. Hoje estou careca, mas curada! Quando saio na rua fico com um tipo de vergonha das pessoas, mesmo porque estou usando mascara, pois meu sistema imunológico está muito debilitado. Mas tenho vontade de mostrar minha careca para os amigos. 

Agora me sinto muito fraca, meu hemograma mostra que estou com anemia. No momento tenho que descansar. Minha prática de Yoga está sendo em cima da minha cama king size, o chão com tapetinho ainda se mostra muito duro para quem passou por tudo o que passei.

Senti uma sensação de leveza e conforto quando abri no Facebook que estava com a doença. Tudo deixou de ser tão estranho. Os depoimentos das pessoas me ajudaram muito. Agradeço a cada uma das postagens. Encontrar com os amigos na rua e receber um abraço sempre me emocionava. Tudo bem que eu sou uma chorona mesmo. E quando finalmente recebi o resultado do ultimo exame confirmando minha cura, meu Deus, que alegria. E ver a alegria dos meus amigos é incrível. Fico tão feliz que as pessoas estão felizes por que eu tão cedo não vou morrer!

Uma das minhas alunas disse um dia para mim que tudo isso era só para que eu soubesse o quanto sou forte e amada. E ela tem razão! Amo todos os meus alunos, te amo Roberta!

Ontem sonhei que meu cabelo estava crescendo, e hoje vi que está crescendo mesmo! Bem, aqui algumas idéias. Estou organizando elas aos poucos. Espero que gostem!

Please reload

Destaque

Os Yamas da Vida

29/08/2014

1/5
Please reload

Recentes